Fazendo normalmente parte da grade de programação rodoviária da nossa agência, a Serra Gaúcha como destino final turístico guarda surpresas gastronômicas e arquitetônicas abarrotadas de costumes que deixam uma marca na nossa trajetória. Repensar nosso estado através da ótica de uma outra cultura acaba nos trazendo uma experiência muito mais profunda e rica com o turismo.

Percebendo essa potencialidade em atrair pessoas de todos os cantos agências começaram a projetar roteiros que abraçassem a região e mostrasse a sua infraestrutura de lazer e diversão. Seguindo este curso, a 𝐌𝐁𝐓𝐮𝐫 𝐏𝐞𝐥𝐨𝐭𝐚𝐬 não perdeu tempo e incluiu entre suas saídas roteiros que tinham cidades como Bento Gonçalves, Gramado e Nova Petrópolis como seus cenários, procurando não só expor os passageiros a novos pratos ou conhecer novos lugares mas também desloca-los de seus assentos como gaúchos brasileiros e entregar-lhes as lentes pelas quais a colonização europeia enxergou.



Quer conhecer um pouco dessa experiência? Vem conosco nessa viagem virtual pelo nosso roteiro e degustar um pedacinho do que é passear por essas terras tão lindas e altas do nosso estado.



Como exemplo escolheremos nosso roteiro de duas pernoites que saíra no próximo feriado Farroupilha, dia 20 de setembro. Pequena observação: serviços que não são destacados como opcionais estão inclusos em nosso roteiro 🙂



Após nosso embarque pela manhã, em Pelotas, temos nossa primeira parada na Cidade do Espumante, Garibaldi, onde há o 𝐑𝐞𝐬𝐭𝐚𝐮𝐫𝐚𝐧𝐭𝐞 𝐅𝐞𝐧𝐚𝐜𝐡𝐚𝐦𝐩. O estabelecimento leva o nome de uma expressiva feira, Feira Nacional do Champanhe, que acontece a menos de 500m do local. No buffet, que segue a lógica do formato “livre” como boa parte dos restaurantes da região, encontra-se mais de 20 opções de pratos quentes que levam no seu tempero uma influência clara da gastronomia italiana. A estrutura que se estende próxima a um pequeno lago, rodeado de hortênsias, oferece ao passageiro uma bela vista para se contemplar durante o almoço (opcional).



Todos alimentados? Já tirou a selfie infalivelmente linda ao lado da miniatura de espumante? Então bora seguir em direção ao nosso próximo destino que é a agência Giordani Turismo onde acontecerá o teatro encenado 𝐄𝐩𝐨𝐩𝐞𝐢𝐚 𝐈𝐭𝐚𝐥𝐢𝐚𝐧𝐚. Várias cenários devidamente tematizados com a arquitetura e estética do país esperam seus visitantes, prontos para contar a história da imigração italiana: como aconteceu e quais foram os impulsos que provocaram esse êxodo. Ao final do espetáculo temos direito ainda a uma degustação de vinhos e biscoitos caseiros que selam com chave de ouro a experiência visual e gastronômica.



Da mesma localidade onde se encontra a agência, em Bento Gonçalves, parte a próxima atração. O trem do vinho, mais comumente conhecido como 𝐌𝐚𝐫𝐢𝐚 𝐅𝐮𝐦𝐚𝐜̧𝐚, é uma locomotiva a vapor que era utilizada como linha entre Bento Gonçalves, Carlos Barbosa e Garibaldi, servindo como linha de escoamento para produtos como vinhos e espumantes. Hoje o passeio se compromete em abraçar o passageiro em uma atmosfera que remete aos tampos antigos, ressaltando a cultura ferroviária enquanto preenche os ouvidos com boa música tradicional e a boca com uma degustação farta de vinhos, espumantes e sucos de uva. E assim segue nossa tarde até o início da despedida do sol, terminando na estação da agência Giordani em Carlos Barbosa. De lá, partimos então para Caxias do Sul, aumentando a altitude com relação ao nível do mar em um pouco mais de 100m. Lá se encontra a hospedagem do grupo no hotel 𝐈𝐧𝐭𝐞𝐫𝐜𝐢𝐭𝐲 𝐏𝐫𝐞𝐦𝐢𝐮𝐦. Referência no setor, o hotel conta com habitações modernas e cuidadosamente preservadas, com um corpo de funcionários solícitos e uma infraestrutura que conta com academia, um café da manhã com um vasto número de opções e uma piscina interna aquecida que vai até às 22h! Quanto à localização, o hotel fica ao lado do Shopping Iguatemi, ganhando em muito na logística por facilitar o acesso do passageiro a atratividades noturnas e uma alimentação com um custo acessível na grande praça de alimentação.



Todos descansados? Tiveram uma boa noite de descanso? Bora então tomar o café da manhã e partir novamente para mais um dia repleto de novidades. Nosso destino novamente será Bento Gonçalves, mais especificamente o roteiro 𝐂𝐚𝐦𝐢𝐧𝐡𝐨𝐬 𝐝𝐞 𝐏𝐞𝐝𝐫𝐚. Nasceu de uma associação que partiu do SEBRAE e congregou empreendedores da região, criando um circuito de estabelecimentos temáticos que tem por influência a cultura italiana e seus segmentos – inclusive há famílias que mantém o costume de usar o talian, língua vertente do italiano! Dentro do roteiro visitamos a 𝐂𝐚𝐬𝐚 𝐝𝐨 𝐓𝐨𝐦𝐚𝐭𝐞, 𝐂𝐚𝐬𝐚 𝐝𝐚𝐬 𝐌𝐚𝐬𝐬𝐚𝐬 𝐞 𝐀𝐫𝐭𝐞𝐬𝐚𝐧𝐚𝐭𝐨𝐬, 𝐂𝐚𝐬𝐚 𝐝𝐚 𝐓𝐞𝐜𝐞𝐥𝐚𝐠𝐞𝐦, 𝐂𝐚𝐬𝐚 𝐝𝐚 𝐅𝐨𝐭𝐨 𝐚̀ 𝐌𝐨𝐝𝐚 𝐀𝐧𝐭𝐢𝐠𝐚 e 𝐂𝐚𝐬𝐚 𝐝𝐚𝐬 𝐂𝐮𝐜𝐚𝐬. As atratividades vão desde degustação de molhos e refrigerantes de tomate (sim, acredite!), passam pela venda de produtos coloniais e vão até fotos estilizadas e caracterizadas em cenários que remetem à imigração italiana. Cada passo dado nos pedregulhos aglomerados nos trajetos sinuosos é um suspiro de admiração.



Após o final do circuito, será o tempo para almoço (opcional) do grupo em restaurante central de Bento Gonçalves. Uma vez tendo todos se alimentado, partimos para o nosso panorâmico pelas paisagens verdejantes do 𝐕𝐚𝐥𝐞 𝐝𝐨𝐬 𝐕𝐢𝐧𝐡𝐞𝐝𝐨𝐬. Enquanto o guia de percurso versa sobre as curiosidades do local, o passageiro poderá se deliciar com imagens lindas da região por onde inúmeras vinícolas e empreendimentos de produtos coloniais se estendem; e, pasmem, um hotel que oferece dentre seus serviços de SPA uma banheira preenchida com vinho!



Depois dessa “voltinha” cheia de cultura e boas histórias, rumamos para nossa visitação à 𝐕𝐢𝐧𝐢́𝐜𝐨𝐥𝐚 𝐀𝐮𝐫𝐨𝐫𝐚, também na região de Bento Gonçalves. Lá conheceremos como funciona a produção de seus vinhos bem de perto e conhecer também a história que levou por fim o estabelecimento da empresa enquanto potencial mercadológico. Claro, no finzinho da nossa visitação temos tempo para uma bela degustação no catálogo da vinícola e também para comprinhas 😉



No finalzinho de tarde, como de costume banhados pelos raios alaranjados do pôr do sol, retornamos para Caxias do Sul de volta ao nosso hotel. Noite livre para aproveitar programações pessoais ou até mesmo dicas repassados pelo guia.



Por fim, nosso terceiro dia de roteiro se aproxima cheio de novas possibilidades. Após café da manhã e com o check-out devidamente feito na recepção, nosso motorista estará esperando em frente ao hotel para a organização das malas e o guia à disposição para encaminhar a todos para seus assentos. Temos muito ainda o que aproveitar!



Diminuindo um pouco da altitude, mas ainda podendo vislumbrar as belezas verdes do acesso rodoviário 116, nosso próximo destino é a cidade mais conhecida como o “Jardim da Serra”, Nova Petrópolis. Ao adentrar nos limites do município podemos notar o tanto de cuidado que os moradores e instituições têm em manter limpo e bem preservado o ambiente urbano e natural. Percorrendo o acesso principal da cidade, paramos por um momento para fotos na colorida 𝐏𝐫𝐚𝐜̧𝐚 𝐝𝐚𝐬 𝐅𝐥𝐨𝐫𝐞𝐬 e também para conhecer o divertido 𝐋𝐚𝐛𝐢𝐫𝐢𝐧𝐭𝐨 𝐕𝐞𝐫𝐝𝐞. Poucos metros mais à frente, paramos com o nosso ônibus na vaga para excursões do 𝐏𝐚𝐫𝐪𝐮𝐞 𝐀𝐥𝐝𝐞𝐢𝐚 𝐝𝐨 𝐈𝐦𝐢𝐠𝐫𝐚𝐧𝐭𝐞. Ali é dado um tempo estendido tanto para conhecer o parque e suas construções com a estética arquitetônica alemã (dá até mesmo para fazer um passeio de pedalinho no lago aonde leva a trilha!) quanto para dar uma espiadinha na 𝐆𝐚𝐥𝐞𝐫𝐢𝐚 𝐝𝐨 𝐈𝐦𝐢𝐠𝐫𝐚𝐧𝐭𝐞 que possui ótimas opções de confecção em couro, malhas e calçados, tudo com preços bastante atraentes.



Dado o nosso tempo, seguimos em direção ao 𝐑𝐞𝐬𝐭𝐚𝐮𝐫𝐚𝐧𝐭𝐞 𝐋𝐢𝐧𝐝𝐞𝐧𝐡𝐨𝐟 para a nossa costumeira parada para o almoço (opcional). Comida típica alemã, muitas opções e lugar amplo e confortável. Na entrada, já para fazer com que entremos com pé direito na experiência gastronômica, uma bandinha totalmente à caráter nos espera tocando seus clássicos e soltando gritos entusiasmados para todos que entram. A estética enxaimel do prédio dá um charme ainda maior ao estabelecimento.



Aí vem aquela pergunta padrão: todos alimentados? Então simbora que nosso próximo destino tá bem pertinho, menos de 50 minutos: Gramado! As belezas da RS-235 nos levam para o primeiro ponto que é o famoso e tão belo 𝐋𝐚𝐠𝐨 𝐍𝐞𝐠𝐫𝐨. Leva o nome devido aos pinheiros que circundam o lago terem sido trazidos de uma região montanhosa do sudoeste da Alemanha chamada Floresta Negra. Não se preocupe que somos generosos no tempo dado para aproveitar a tranquilidade que a localidade traz e também fazer umas das principais atividades que a atração oferece: os pedalinhos em forma de imponentes cisnes brancos. Com a beleza aconchegante de Gramado ainda nos abraçando, continuamos nosso roteiro em direção a uma casa de chocolate à seleção para que todos aproveitem para levar aquele presentinho para o parente que tanto pediu.



Por fim, fechando com chave de ouro e com as indicações devidas do guia, é dado tempo livre no centro de Gramado para atividades pessoais. Dentre os principais pontos, a Paróquia São Pedro com sua estética rústica, a Fonte do Amor Eterno adornada com seus milhares de cadeados, as redondezas badaladas do Palácio dos Festivais e da Rua Coberta – com inúmeras opções gastronômicas e contendo, eventualmente, amostras de dança ou canto no palco central (dependendo da época encontramos eventos temáticos como na Páscoa e no Natal). No horário marcado o ônibus estará em prontidão para acolher novamente cada um dos passageiros para então iniciarmos nosso retorno, mas com o coração abarrotado de novas experiências e com a bagagem cheia de lembranças.



Graças à potencialidade da região como produto turístico tivemos o prazer de nortear pessoas através das histórias que a Serra Gaúcha carrega nas suas raízes, mostrando que a influência europeia na região no fim acabou cedendo espaço para a força local dos nossos costumes e hoje em dia contorna tudo o que vimos com traços mais sutis que encontramos na gastronomia, na arquitetura e nos costumes que os descendentes ainda perpetuam. São belezas que, como comentado no início do texto, nos fazem sair da nossa zona de conforto e repensar o nosso estado como um espaço mais plural do que imaginamos, acolhendo inúmeros tipos de manifestações culturais.



Quer conhecer as belezas que a região possui? A MBTur terá o imenso prazer de lhe guiar por esses caminhos e te oferecer a melhor experiência. 𝐕𝐞𝐦 𝐯𝐢𝐚𝐣𝐚𝐫 𝐭𝐫𝐚𝐧𝐪𝐮𝐢𝐥𝐨 𝐜𝐨𝐦 𝐚 𝐌𝐁𝐓𝐮𝐫! ✨🌎